Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Politiquices à parte, há autenticidade neste tipo (pelo menos hoje)! Quem viu?

Sou muito mais dos jornalistas que dos políticos. Como muita gente, sinto sempre que há, na postura e nas respostas de quem está do lado da política, uma certa preparação assente em falsidade e arrogância (que me desculpem, desde já, os meus amigos ou conhecidos que se sintam ofendidos).

Mas há momentos que quebram tudo isto. Ou pelo menos lembram-nos que há que dar o benefício da dúvida a tudo e a todos.

Acabo de assistir à entrevista do primeiro ministro, António Costa, à SIC. Entrevista essa que foi conduzida por um jornalista que até admiro. Mas, hoje, José Gomes Ferreira perde um bocadinho dessa minha admiração. Enquanto António Costa ganha pontos.

Politiques ou partidos à parte, esta é a análise de uma mera cidadã (que não se assume nem do PS, nem de qualquer outro). Sei que há quem irá discordar desta minha opinião. Uns por escolha partidária, outros por honestidade.

Verdadeiramente não venho aqui assumir-me como defensora do PS, nem mesmo do António Costa. Mas, bolas, terei si…

#01012019 Bem-vindo! :)

Mais um ano terminou. E outro acaba de começar. São mais 365 dias repletos de oportunidades para sermos ainda mais felizes, nós e vocês.
Que, em 2019, o amor seja uma constante e não faltem sucessos e sorrisos.

Recomendação para românticos

Love & other drugs ou O amor é o melhor remédio
Tem quase oito anos, em Portugal estreou em janeiro de 2011. Provavelmente já me tinha cruzado com ele antes. Algumas cenas não me eram de todo estranhas. Mas ontem predispus-me a vê-lo efetivamente, com olhos de ver, como se costuma dizer. Mais do que isso, vê-lo e senti-lo. Deixei-me tocar pela história que, excentricidades à parte, poderia ter sido a de tantos. 
Sim, é uma comédia romântica que até não é propriamente o género de filme que mais gosto. Mas é mais que isso. É uma história de um amor que muda a vida de duas pessoas tão diferentes. A prova de que, num mundo em que encontramos tantas e tantas pessoas, há alguém e só alguém guardado para nos tocar como nenhuma outra. 
Fantástica interpretação de Anne Hathaway e Jake Gyllenhaal que nos faz nos querer abraçar o nosso par e dizer-lhe ao ouvido "gosto de ti". 
É verdade sim... estou cada vez mais sentimental e romântica. Não há remédio. Quem me entende?

Inspiração do dia #0610

É preciso ser feliz. Ser feliz todos os dias. É preciso amar a vida. Valorizar cada pequeno pormenor que ilumina o nosso mundo. E é tão mais fácil quando o sol brilha. Como hoje.

Inspiração do Dia :)

Quem não gostaria? :)
#liberdade #partirsemdestino #viversemplanos #dontneedaplan #noplan #liveyourlife #travel #viagens #vida #inspiracaododia #inspiration

Vai um docinho? E se for light? :)

Quem nunca teve uma vontade súbita de comer um docinho num jantar de sexta-feira? Pois está claro que aí desse lado toda a gente (ou quase) levantou a mão.
O problema é que ceder à tentação é sinónimo de acrescentar umas boas calorias à dieta e encher o organismo de açúcares, gorduras e outras coisas más.
Ou talvez não... Hoje em dia, são algumas as alternativas que temos ao dispor em qualquer comum hipermercado que permitem matar a vontade do docinho, sem a mesma culpa. Entenda-se que um doce é um doce. Light ou não será sempre um pecado. A ideia é só minimizar (um bocadinho).
Sem prejudicar o sabor? Podem ter a certeza que sim. Esta mousse de requeijão e frutos vermelhos é a prova disso. Fica uma delícia! Então vamos a isso?
Vais precisar de:
- 1 ovo
- 1 iogurte magro tipo skyr
- 1 requeijão magro
- 1 colher (de sopa) de açúcar amarelo
- 50 a 100gr de cocô (eu só usei 50, mas se gostares de um sabor mais intenso ou precisares de engrossar a mistura, podes aumentar)
- gelatina em p…

Sou grata

Dia da GRATIDÃO
21 de setembro
E eu sou grata por tanto.
Grata à vida por tudo o que me dá. Por permitir que seja feliz e me oferecer tanto de bom. Mesmo pelas coisas menos boas que, tantas vezes, me ajudam a crescer e a aprender a dar a volta.
Grata às pessoas com as quais me fui cruzando ao longo deste percurso. Algumas, tenho a certeza, serão para sempre. Outras foram paragens passageiras. Mas, de cada uma delas, guardo uma recordação, um pedacinho que me ajuda a saber quem sou nos momentos de dúvida.
Principalmente, grata àquelas que nunca me abandonaram e que têm gosto em partilhar da minha própria felicidade.
Grata ao tempo que me vai dando tempo para estar por aqui e aproveitar o que a vida me dá.
Grata a ti que me fazes uma pessoa melhor a cada dia que passa.
E vocês já agradeceram hoje?

Croissants do amor

Pois claro. Estava no ar que, um dia destes, a minha nova paixão pela cozinha ia estender-se a mais alguém cá em casa. E esse dia chegou. 
Este fim-de-semana enchemos a cozinha de farinha, açúcar e brincadeiras. Tudo para quê? Para fabricar estes maravilhosos croissants... os croissants do amor! Não, não há nada de especial nesta receita. Apenas decidi chamares-lhes assim porque foram os responsáveis por contar com entusiasmada companhia na sua preparação. E cozinhar a dois é amoroso, é ou não?
Claro que, no nosso caso, não foi apenas a dois porque contámos, como sempre, com a ajuda da nossa fantástica Cuisine Companion.
Com vontade de saborear os nossos fantásticos croissants do amor? A receita é muito simples. Vais precisar de: - 4 ovos
- 100ml de leite
- 125gr de iogurte natural
- 2 colheres (de sopa) de açúcar (prefencialmente mascavado ou amarelo) - 1 pitada de sal - 1 colher (de sobremesa) de óleo de cocô (se preferires ser mais tradicional, podes usar margarina ou manteiga) - …

À descoberta de Portugal (e da Quinta do Moinho)

Estes dias decidimos prolongar o fim-de-semana e fomos à descoberta de um #portugalincrivel. Tudo porque alguém fazia anos (quem seria? vê aqui como foi) e pediu o melhor de todos os presentes - passear, relaxar e namorar!
O destino que escolhemos foi o Parque Natural da Serra da Estrela - local de recantos mágicos pintados de verde que nos transportam para uma tranquilidade que não se sente em muitos outros sítios.
Da Barragem da Aguieira a Seia, passando por Loriga, Manteigas e Mizarela, seguindo rumo à Aldeia Viçosa e à Barragem do Caldeirão. Conhecemos locais fantásticos, caminhamos ao ar livre e molhamos os pés nas águas geladas do Mondego (só mesmo os pés que mais é impossível!).
Um dos sítios fantásticos que descobrimos é a Quinta do Moinho. Um hotel rural no meio da natureza, rodeado de verde e onde o som da água a correr é música de fundo sempre presente. A propriedade tem umas casinhas em pedra frescas, confortáveis e muito espaçosas, cada uma com um mini terraço ou varanda pa…

Um brinde aos 30 de hoje!

À medida que envelhecemos, há dois tipos de pessoas na vida. As que prefeririam recuar no tempo e voltar a ter a plenitude de quando eram mais jovens, ignorando ou mesmo odiando o seu dia de aniversário por toda a carga que traz consigo. E as que aceitam que envelhecer faz parte, acarreta vivências, aceitação e amor próprio.
Sem dúvida, pertenço a este segundo grupo. Sempre gostei do meu aniversário. Há lá outro dia no ano em que sejamos tão rodeados de coisas boas? Luzes e atenção para o centro do palco... e quem lá está quem é? Sou eu mesma! E depois é festejos, mensagens, telefonemas, presentes, miminhos... tudo a pensar em mim! 
Ignorando desde já o que o meu lado egocêntrico acabou de escrever (e que muitos de vocês já estarão certamente a criticar), o aniversário é sem dúvida um momento para olhar para mim própria. Medir expectativas. Há dez anos atrás o que é que a Joana Neves julgava que viria a ser com 30 anos?
Ironia da vida, do destino ou do caminho que esta nova Joana qui…